Apresentação

APRESENTAÇÃO

 

A Universidade de Pernambuco - UPE, instituição pública estadual vinculada à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de Pernambuco – SECTI anualmente divulga suas ações para os órgãos competentes, a comunidade universitária e a sociedade, sendo este Relatório um dos instrumentos de transparência de gestão da Universidade refletindo a sua realidade.

Na perspectiva de que uma educação de qualidade é fator determinante no desenvolvimento de um país e premissa para a melhoria das condições de vida da população, a Universidade de Pernambuco - UPE frente à sua responsabilidade com o ensino superior público no Estado nos níveis de graduação, tecnológico, pós-graduação e também educação básica, esta última realizada através das Escolas de Aplicação, busca enfatizar a discussão permanente e qualificada acerca das decisões academicamente estratégicas visando a otimização dos recursos disponíveis e o desenvolvimento da Universidade, não obstante a conjuntura nacional que levou a UPE a ter um ano de 2017 com mais restrições orçamentárias, que foram enfrentadas procurando minimizar seus efeitos.

O processo de planejamento integrado já em andamento na UPE, teve continuidade nas diversas unidades da Universidade distribuídas no estado de Pernambuco, coordenadas através do núcleo central/Reitoria.  Nesse processo de Gestão Participativa, foram realizados seminários regionais de integração para a construção de ações estratégicas a serem executadas nos próximos anos.   

Paralelamente, a UPE vem procurando evoluir na prática de construir ambientes de trabalho positivos, propulsores de uma instituição capaz de realizar seus compromissos. Através da Pró-Reitoria de Desenvolvimento de Pessoas - PRODEP, a UPE vem realizando palestras motivacionais para os servidores, preparando para aposentadoria, disponibilizando plantão psicológico e de assistência social, elaborando proposta para um programa de saúde do trabalhador, monitorando indicadores de risco e qualidade de vida, entre outras ações e atividades em andamento ou previstas que revertem em benefícios para o servidor e a Instituição.

Esses dois focos favoreceram o enfrentamento das dificuldades de forma mais fortalecida e coesa para o alcance dos resultados que a Universidade obteve ao longo de 2017.

No Índice das Universidades Empreendedoras, a Universidade de Pernambuco - UPE obteve a 37ª posição no ranking nacional, onde mais de 80 instituições de Ensino Superior do país se inscreveram.  Ao longo do processo de coleta de indicadores esse número de inscritos foi reduzindo chegando ao número final de 55 universidades participantes. Na Região Nordeste, a UPE classificou-se em 10º lugar no Índice de Universidades Empreendedoras 2017.

O Índice de Universidades Empreendedoras é um projeto que tem como objetivo principal identificar as práticas e iniciativas empreendedoras das Instituições de Ensino Superior - IES e é liderado pela Confederação Brasileira de Empresas Juniores (Brasil Júnior).  A iniciativa tem o apoio do Ministério da Educação - MEC e do Ranking Universitário da Folha de São Paulo - RUF.

Nos cursos em nível de graduação da Universidade de Pernambuco, diversos conquistaram selos 3 e 4 estrelas no Guia do Estudante-GE da Editora Abril, com resultado publicado em outubro/2017 no GE Profissões Vestibular 2018.  Foram 24 cursos da UPE que obtiveram 3 estrelas (bom) e 8 cursos avaliados com 4 estrelas (muito bom). A tradicional avaliação de cursos superiores no GE mede a qualidade dos cursos presenciais de graduação das instituições de ensino superior do país, elege os melhores e apresenta-os anualmente na sua edição. É uma pesquisa de opinião feita, basicamente, com professores e coordenadores de curso que emitem conceitos permitindo a classificação. Além disso, a própria avaliação do GE nos cinco últimos anos anteriores também influencia.         

No Índice de Desenvolvimento da Educação Básica de Pernambuco - IDEPE os resultados do ano de 2016 divulgados em 2017 destacaram as Escolas de Aplicação da Universidade de Pernambuco situadas no Recife (Escola do Recife), na Mata Norte e em Garanhuns. Nos anos finais do Ensino Fundamental classificaram-se: 1º Lugar: Escola de Aplicação do Recife - UPE (IDEPE 7,91); 2º Lugar: Escola de Aplicação Professora Ivonita Alves Guerra - UPE - Garanhuns (IDEPE 7,03). Ensino Médio1º Lugar: Escola de Aplicação do Recife - UPE (IDEPE 7,28); Em 2º Lugar duas escolas receberam a mesma nota: Escola de Aplicação Professora Ivonita Alves Guerra - UPE – Garanhuns (IDEPE 5,88) e a Escola de Aplicação Professor Chaves - UPE – Nazaré da Mata (IDEPE 5,88). O ranking do IDEPE é realizado anualmente e acompanha o desempenho da educação pública no Estado, considerando os mesmos critérios usados para o cálculo do índice nacional (IDEB): o fluxo escolar e a proficiência dos estudantes do Ensino Fundamental (anos iniciais e finais) e do Ensino Médio.

O Programa de Línguas e Informática – PROLINFO comemorando  quinze anos de sua fundação passou a oferecer em 2017 no município do Recife o PROLINFINHO, curso de inglês com duração total de 03 anos, para crianças na faixa etária de 07 a 12 anos; os municípios de Salgueiro e Serra Talhada nas regiões do Sertão e do Vale do Pajeú respectivamente passaram a oferecer os cursos de língua inglesa, Espanhol e Português, ação esta que visa ampliar as oportunidades de formação profissional de residentes locais e de cidades adjacentes. Hoje, na estrutura multicampi da UPE em Pernambuco é possível participar dos cursos de língua inglesa, espanhola e portuguesa oferecidos pelo PROLINFO, sendo no total, além do Recife, nove cidades em que a UPE está presente: Nazaré da Mata, Garanhuns, Camaragibe, Petrolina, Arcoverde, Palmares, Caruaru, Salgueiro e Serra TalhadaO PROLINFO é um programa de extensão universitária, com o diferencial da oferta de cursos de alta qualidade em contrapartida ao investimento simbólico feito pelos alunos. No programa, o material didático também é inteiramente gratuito e não há cobrança de mensalidades.

Foi inaugurada em outubro a UPE Campus Arcoverde, no município de mesmo nome na Região do Sertão do Moxotó.  Esta nova unidade de educação da UPE atenderá os cursos de Odontologia e de Direito, beneficiando cerca de 300 alunos. Os cursos já vinham funcionando em espaço provisório desde 2011 agora, na sede definitiva, os estudantes contarão com espaços modernos equipados e com maior conforto para as atividades. A previsão é de que a clínica de odontologia amplie o número de atendimentos para mais de 60 por dia, incluindo odontopediatria e a partir do próximo ano serão realizadas cirurgias odontológicas de baixa complexidade. A Unidade foi construída em área de 20 mil metros quadrados (m²) doados pela Prefeitura do município, sendo a obra financiada pelo Ministério da Educação e o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (MEC/FNDE), com contrapartida do Governo do Estado através de convênio no valor total de R$ 6,2 milhões.  A área construída tem 5.641,65 m² e é composta de 20 salas de aula, laboratórios de informática e odontologia, 12 consultórios odontológicos, sala de radiologia, sala de videoconferência e biblioteca, além de salas destinadas às atividades administrativas, central de gás, lavanderia e espaço reservado para esterilização de materiais.

A UPE em 2018 estará entregando à sociedade o campus Serra Talhada com o curso de Medicina, o qual   já vem funcionando no município em espaço provisório.

A consolidação do processo de interiorização da UPE tem possibilitado o acesso à educação superior para estudantes de várias regiões de Pernambuco e de outros estados como Bahia, Sergipe, Alagoas, Piauí e Ceará.

Em março de 2017 o Instituto Confúcio foi inaugurado em prédio no campus Benfica da UPE. O Instituto Confúcio vinha funcionando desde 2013 em espaço provisório e o novo prédio irá atender todas as suas necessidades de funcionamento. O Instituto Confúcio Modelo na UPE em Pernambuco, está entre os 40 Institutos Modelo do mundo.

Em evento que comemorou este ano os 26 anos de funcionamento como Universidade de Pernambuco, o reitor da UPE Prof. Pedro Falcão destacou em seu discurso o papel desenvolvido pela Universidade: “Como instituição pública, comprometida com a formação superior, a UPE reafirma o seu compromisso em elevar a percepção cultural da sociedade, acreditando em práticas democráticas de gestão, capazes de promover o diálogo entre a comunidade acadêmica e a sociedade”, a vice-reitora Profª Socorro Cavalcanti na ocasião afirmou:” Agradecemos e parabenizamos toda a comunidade acadêmica pelo compromisso e dedicação de realizar o melhor, dentro dos limites do possível, sempre almejando um novo horizonte de expectativas para continuar fazendo da UPE uma instituição de excelência”. 

 A Visão da UPE: “Ser reconhecida e legitimada pela sociedade como universidade estatal, pública, gratuita, autônoma e de excelência no ensino, na pesquisa e na extensão” e a sua Missão: “Contribuir para o desenvolvimento de Pernambuco mediante o ensino, a pesquisa e a extensão universitária, favorecendo a superação das desigualdades sociais e o exercício pleno da cidadania”, são os norteadores das ações das pessoas que integram esta Universidade.   

A todos que contribuíram para a realização desse documento os nossos agradecimentos.